R.I.P

foto: Christoph Niemann

por carol

Aquele sábado a noite já começou genial, os anfitriões decidiram colocar o computador (com conexão à internet) em cima da televisão, resultado: passamos a noite entre pérolas do Youtube e resolução rápida de dilemas.

– Você sabia que tomate é fruta?

– Não, é frutO, com “o”.

–  Google.


Parece um pouco radical, colocar o computador no centro da sala de estar e passar a noite bebendo cerveja, comento pizza e assistindo vídeos no youtube, mas para nós aquilo fez o maior sentido, era como se nunca tivesse sido diferente. Acredito que as mudanças mais profundas chegam assim, não nos lembramos como elas vieram, nem como era a vida sem elas.

Não me lembro se era fruta ou fruto (aquele lance do tomate), mas me recordo que naquela noite tudo foi baseado nela, a internet e nele, o computador. Que agora ocupa o lugar mais alto da sala: em cima da TV.

R.I.P

Saiba mais sobre essa imagem no post a seguir.

A TV, que por anos foi idolatrada pelas famílias em seu belo altar de mogno ou marfim, naquela noite pode perceber com pesar que o seu fim estava próximo, mais ainda, já havia chegado e só dependia da coragem de seus donos para dar embora aquele “trambolhão”, que um dia atendeu pelo nome de “caixa mágica”.

 

Anúncios